Siga a Revesttir:

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

©2016 por Revesttir. 

Como limpar o porcelanato corretamente e conservá-lo por muito mais tempo.

June 17, 2019

Este artigo foi preparado especialmente para dar dicas e responder dúvidas sobre os cuidados e a maneira correta de limpar o porcelanato. Assim você garante que a beleza do material dure por muito mais tempo.

 

 

 

 Confira aqui o passo a passo para uma limpeza completa e eficaz!

 

Com a disseminação do uso do porcelanato para revestir os ambientes, é comum surgirem dúvidas com relação aos cuidados e à maneira correta de limpa-lo. 

 

Antes de sair por aí comprando todos os produtos da prateleira, é importante entender que, apesar de ser um material extremamente resistente com absorção de água quase nula, o porcelanato necessita de alguns cuidados especiais na hora da limpeza para garantir que a sua beleza dure por muito mais tempo.

 

Por esse motivo, preparamos este post com dicas e dúvidas frequentes. Seguindo cada uma das nossas instruções, você vai conseguir manter seu porcelanato sempre bonito e limpo, sem preocupações!

 

 

COMO LIMPAR PORCELANATO : PÓS-OBRA

 

 

 

Após a obra, é muito importante realizar a primeira limpeza do porcelanato. É ela que vai trazer brilho ao revestimento e evitar o aparecimento de manchas superficiais nos primeiros anos. A primeira faxina, quando bem-executada, também vai facilitar a realização da higienização diária.

 

 

Os revestimentos cerâmicos se caracterizam por apresentarem as menores exigências em termos de manutenção e facilidade de limpeza no dia a dia. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados.

A primeira limpeza , pós-obra, deve ser realizada de forma cuidadosa, pois pode haver materiais abrasivos em sua superfície, como cimento e areia. Esta limpeza inicial deve ser executada, após sete dias da aplicação final do rejuntamento, conforme orientação abaixo:

 

• Varrer o ambiente com vassouras de cerdas plásticas e na sequência passar um pano úmido; • Utilizar água e detergente neutro com auxílio de uma escova ou vassoura de cerdas plásticas. Retirar os resíduos do detergente com pano úmido e limpo; • Caso ainda permaneça sujo, pode ser utilizado saponáceo cremoso e água morna; o saponáceo também pode ser utilizado para a limpeza de rejunte. • Secar o revestimento com pano seco; • Para o Porcellanto Pietra Portinari após a limpeza indicada, utilizar um produto limpa vidros para retirar a película protetora.

 

Não recomendamos a utilização de produtos de limpeza à base de ácidos.

 

Revestimentos cerâmicos, especialmente os de superfície brilhante, são suscetíveis ao risco. Portanto, durante o uso, dispositivos de limpeza para remoção de resíduos de areia do solado de sapatos devem ser adotados (como capachos). Além disso, deve-se proteger os pés dos móveis que são arrastados, evitando arranhões. Estes procedimentos são essenciais para evitar riscos e aumentar a vida útil do produto.

 

 

COMO LIMPAR PORCELANATO: LIMPEZA DIÁRIA

 

 

Uma das principais características do porcelanato é sua facilidade de limpeza, a indústria indica que a manutenção diária seja feita com um pano, água e detergente neutro.

 

Caso ainda permaneça sujeira impregnada sobre o produto, deixe a solução de detergente e água agir sobre o piso por mais alguns minutos e depois esfregue com escova ou vassoura de cerdas macias.

 

Não utilize palha de aço ou produtos similares, já que eles podem riscar, danificar e retirar o brilho do porcelanato ou do esmalte do revestimento. Depois, enxágue bem somente com água e seque com um pano limpo.

Para limpar porcelanato de maneira pesada, você pode usar CIF, Veja Cloro Ativo ou Saponáceo Cremoso. Qualquer um desses produtos deve ser diluído em água, usado em sua versão neutra e aplicado com pano umedecido nessa solução.

 

A diluição deve ser de 1/10 a 1/30, ou seja, uma parte do produto para nove partes de água, ou uma parte do produto para 29 partes de água. A não diluição dos produtos, bem como a sua aplicação direta sobre o piso, pode ocasionar o surgimento de manchas permanentes.

 

O problema de realizar a limpeza do porcelanato apenas com detergente neutro diluído em água é que ele não deixa a casa com aquele cheirinho de limpeza. Por isso, você pode fazer a faxina da maneira adequada e, depois de terminar, usar um spray perfumado para ambientes. Só tome cuidado para não aplicar o spray diretamente sobre o piso.

 

Como no caso da tinta, caso ocorra algum tipo de acidente com canetas, canetinha hidrocor, esmaltes ou outros tipos de pigmentos, o indicado é a utilização de um solvente orgânico para a limpeza do porcelanato, como álcool, Thinner ou acetona.

 

Pode acontecer de um dos moradores ser alérgico a algum tipo de produto químico. Por esse motivo, para a limpeza do porcelanato, você pode utilizar o vinagre, sempre diluído em água. Ele não mancha, não diminui o brilho e é inofensivo para o porcelanato.

 

Para as áreas externas, o procedimento é o mesmo. Utilize detergente neutro diluído em água para a limpeza diária e, para a limpeza pesada, use CIF, Assolan Saponáceo Cremoso ou ainda Veja Cloro Ativo.

 

Listamos abaixo alguns tipos de sujeira e seus respectivos produtos de limpeza.

 

 

 

Por mais que agora você já conheça as melhores formas de limpar porcelanato em geral, é importante destacar que cada tipo tem uma especificidade que o torna único. Dessa forma, é imprescindível que você siga algumas indicações especiais de acordo com o seu produto.

 

 

Veja quais são os PRINCIPAIS ERROS que comprometem o seu porcelanato.

 

 

 

REAPROVEITAR O MESMO PANO EM MAIS DE UM CÔMODO

 

Existem inúmeros prejuízos relacionados ao uso de um pano só para vários ambientes. Além de questões higiênicas, a atitude faz com que micro-organismos nocivos para os moradores se espalhem pela residência.

 

O que fazer, então? É simples: separe os panos por cômodos. Um para a sala, um para a cozinha, um para a área externa e assim sucessivamente. Lembre-se, também, de trocar a água sempre que possível.

 

 

USAR A ÁGUA SANITÁRIA

 

Se o porcelanato da sua casa for do modelo acetinado, ou seja, tiver uma concentração de brilho na superfície, fique longe da água sanitária. Ela é muito nociva, já que tira por completo o brilho do revestimento e provoca um grande desgaste nele.

 

DEIXAR O SABÃO “AGIR”

 

Outro erro muito comum é, em meio ao processo de limpeza, deixar a mistura de sabão e água “agir” no piso, ou seja, permanecer ali por um longo período de tempo.

 

A composição do sabão, assim como a de outros produtos, faz com que ele tenha componentes químicos agressivos, que servem para realizar uma limpeza eficiente. No entanto, devem entrar em contato com o revestimento por pouco tempo, já que a ação prolongada costuma gerar danos.

 

Para não desgastar e prejudicar o porcelanato, retire o produto de limpeza logo após esfregar, e certifique-se de que não ficou nenhum resíduo esquecido para trás.

 

USAR ESPONJAS OU UTENSÍLIOS ÁSPEROS

 

Objetos de característica áspera podem causar inúmeros estragos na superfície do porcelanato. Sabendo disso, tome cuidado com esponjas muito duras ou grosseiras, lãs de aço (como o Bombril) ou a vassoura, no caso de revestimentos mais brilhantes e “sensíveis”.

 

 

O QUE NÃO UTILIZAR NA LIMPEZA DE PORCELANATO

 

A utilização de produtos não indicados pode ocasionar o que chamamos de ataque químico, deixando a superfície porosa e acarretando no surgimento de manchas, riscos e opacidade no piso.

 

Por isso, não utilize produtos que contenham flúor e seus derivados, eles podem causar danos irreversíveis ao produto, principalmente o ácido fluorídrico, encontrado nos produtos : DESTINADOS A LIMPEZA DE ALUMÍNIO.

Além disso, utilizar produtos que contenham hidróxidos (potássio, sódio etc.) em alta concentração pode causar alterações no brilho superficial de porcelanatos polidos se expostos por mais de dez minutos. Por isso, nunca utilize sobre as peças:

 

SABÃO EM PÓ

CERAS

ESCOVAS

ÁCIDOS

ÁGUA SANITÁRIA

SODA CÁUSTICA

 

Além disso, os produtos recomendados (como detergente neutro, CIF ou Assolan Saponáceo Cremoso e Veja Cloro Ativo) também podem ocasionar a formação de manchas quando utilizados diretamente sobre o piso por um longo período de tempo.

 

Lembre-se de sempre diluí-los em água, na proporção recomendada anteriormente, que é de uma colher de sopa de detergente para cada cinco litros de água. No caso das substâncias de limpeza pesada, dilua uma parte do produto para nove partes de água, ou uma parte do produto para 29 partes de água.

 

Gostou das dicas ? Agora você pode manter seu porcelanato sempre limpo e lindo.

 

Se tiver mais alguma dúvida não hesite em nos procurar. 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags